Links:                         
Curiosidades
Coluna do PX:
Um Abraço do Amigo:
Causos:
Imagens do meu Paraná:
Humor:
O que há de novo:
Transportes pelo mundo
Caminhões da História
Informações
Telefones Úteis:
Tarifas de Pedágios:
Saúde
usuário
senha
 PX - Você usa bem? Dezembro/2009

TABELA DE MÚLTIPLOS PARA CABO COAXIAL 50/52 OHMS
FREQUÊNCIA DE 25 / 27 MHz

O cálculo foi elaborado baseando-se na fórmula:
300.00
27 / 25 = 11.06 x 66 = 7.299
7.299 ÷ 4 = 1.825
300.00 = Velocidade da luz
25 / 27 = Frequência em MHz
11.06 = Frequência em metros
66 = Coeficiente de velocidade de R.F. no cabo
7.299 = Comprimento de onda no cabo
1.825 = 1/4 de onda no cabo
1.828 x números ímpares ou seja 3,5,7,9.....17.
Acima de 20 metros aconselha-se usar cabo grosso

COMO SEU RÁDIO PODE O SERVIR

Para Advertir à frente de ups de gravata de tráfico.
Proveja tempo e informação de estrada.
Proveja ajuda rapidamente em evento de emergência ou desabamento.
Sugestione manchas boas para comer e dormir.
Proporciona contato direto seu escritório ou casa.
Faça amigos quando você viajar.
Proveja “ informação “ local para o achar destino.
Ajude escritórios de execução de lei informando o bêbado e os motoristas despreocupados.
OBS: SÓ USE CANAL 9 PARA MENSAGENS DE EMERGÊNCIA

ALGUNS REGRAS QUE DEVERIAM SER OBEDECIDAS

1. Não lhe é permitido manter uma conversação com outra estação por mais de cinco
 PX - Você usa bem? Novembro/2009

1. MICROFONE
São os componentes que executam a transformação da voz em corrente elétrica que, por sua vez, são levadas ao transmissor.
2. TRANSMISSOR

É o equipamento que recebe a corrente elétrica vinda do microfone e irradia a energia, sob a forma de onda de rádio, levando-a à antena, e desta para o espaço.

Na faixa do cidadão esse equipamento irradiará o máximo de 7 watts. Existem, porém, pessoas que se julgam acima da lei de todos, e utilizam-se de um recurso ilegal e criminoso, colocando entre o transmissor e a antena um aparelho denominado de amplificador linear, que multiplica em vários watts a potência legal, causando todo tipo de transtorno e interferência.

Se você conhece alguém que opera nessas condições, comunique o fato ao seu clube, grupo ou associação para que junto as providencias tomadas.


3.RECEPTOR

É o equipamento que recebe a corrente elétrica captada pela antena, transformado-a em voz e enviado-a ao alto-falante.


4.ALTO-FALANTE

A audição dos sinais recebido podem ser efetuados por fones ou por alto-falantes. Nos fones essa audição é pessoal, não causando perturbação as pessoas que estiverem no ambiente já nos alto-falante a recepção é coletiva pois todos que se encontrarem ao alcance da potência do alto-falante escutarão as mensagens.


5.ANTENA
Antena e o ponto vital nos assuntos de transmissão e recepção das ondas de rádio. É por ela que se vai transmitir ao meio ambiente as pulsações, geradas no transmissor. É também ela que, captando as pulsações, irá leva-las ao alto-falante do receptor.

São vários os tipos de antenas para uso na faixa do cidadão desde o tipo vertical até as mais sofisticadas, com diretores e refletores.

Para os iniciantes, recomendamos a utilização de uma antena omnidirecional, ou, como também é conhecida, antena vertical. Nesse tipo de antena o sinal é irradiado em todas as direções com a mesma intensidade, permitindo também uma recepção com a mesma situação.

As antenas verticais são mais úteis para as comunicações locais, e também para operações móveis.

LINGUAGEM

Pela norma 01A/80, em seu item 20, alínea d, “proferir palavras ou expressões chulas ou em desacordo com a moral e os bons costumes” é infração passível de cassação da licença da estação.

Assim, fale sempre ao microfone exatamente como se gostaria que falassem a você: de uma maneira educada, gentil e com um português claro e bem empregado.

Porém, ao usar o microfone, o operador deve ter sempre em mente que algumas palavras, mesmo ditas de maneira correta, podem sofrer alterações nos sons que compõem e parecer outras. Assim, um três pode parecer seis, ou um B pode soar como um D.

Daí, com a finalidade de promover uma melhor compreensão de determinadas palavras, foram criados alguns códigos de utilização internacional.

ALFABETO FONÉTICO, OU CÓDIGO DA UIT

O Alfabeto Fonético, ou Código da UIT (União Internacional de Telecomunicações), foi criado para dar melhor compreensão das pala-vras, através da sole-tração.

A Alpha
B Bravo
C Charlie
D Delta
E Eco
F Fox
G Golf
H Hotel
I India
J Juliet
K Kilo
L Lima
M Mike Z Zulu
N November
O Oscar
P Papa
Q Quebec
R Romeu
S Sierra
T Tango
U Uniform
V Victor
W Whisky
X* X-Ray
Y Yankee
 PX - Você usa bem? Outubro/2009

Seja tranqüilo. Enuncie seu prefixo de modo correto e completo, como determina a lei.

Não tente se passar por alguém que conhece tudo sobre a faixa do cidadão; lembre-se que todos estão sabendo que você está começando.

Procure manter junto a você um caderno para anotações, onde registrará os indicativos das estações, nomes, endereços dos operadores com os quais você estiver falando.


CLUBES GRUPOS E ASSOCIAÇÕES:

Nos vemos como uma boa recomendação, que o rádio cidadão, seja ele iniciante ou veterano, freqüente os clubes, grupos ou associações existentes na sua cidade. Deste modo poderá ouvir opiniões, ser orientado, combater os problemas da faixa e participar, é claro, das atividades sociais que são promovidas por essas entidades.

Além disto, nos clubes, grupos e associações é possível ao iniciante encontrar indicações sobre equipamentos e seus custos, bem como onde comprá-los.

As entidades de usuários da faixa do cidadão são hoje, no Brasil, em número muito elevado. Portanto, para obter os endereços destas agremiações, uma das melhores maneiras é consultar as delegacias dos ministério das comunicações Anatel; Elas estão instaladas em todos os estados brasileiros e tem interesse em divulgar e ajudar estas entidades.

EQUIPAMENTOS

Os equipamentos utilizados na faixa do cidadão são fabricados em várias dimensões e características.

Existem os portáteis, que se assemelham a pequenos receptores de rádio difusão AM ou FM, mais que na verdade são transceptores. Os móveis, que são destinados a operações em automóveis, embarcações e até mesmo em pequenas aeronaves, e os fixos, que são equipamentos maiores, mais bem elaborados, destinados a instalações residenciais.


POTÊNCIAS

A lei permite a potência máxima de 7 watts para emissões em amplitudes modulada [AM], e de 21 watts para as emissões em faixa lateral singela com portadora suprimida [single side band]. Porem isso não significa que o transmissor possa Ter sua potência nominal de 21 watts. A potência máxima é de 7 watts que, quando em ssb, eqüivale a 21 watts de um transmissor comum.


HOMOLOGAÇÃO

Por tratar-se de norma obrigatória que equipamentos radio transmissores sejam homologados pelo Mini Com, o usuário não terá problemas quanto aos aspectos técnicos que dizem respeito à estabilidade, potência, modulação, numero de canais, largura da faixa etc. Basta se dirigir a uma das Delegacias do Mini Com e procurar saber se o equipamento desejado pode ser comprado.


CANAIS DE OPERAÇÕES

A faixa do cidadão esta subdividida em 60 canais. Esses canais, que são, no rádio, selecionados por chave próprias, vão desde a freqüência de 26,965 Hz– canal 1 ate 27,605 Hz. canal 60 com espaço de 10 Hz de separação.


COMPOSICÃO DE EQUIPAMENTO

Os equipamentos para Faixa do Cidadão são formados de:
MICROFONE

TRANSMISSOR

RECEPTOR

ALTO-FALNTE

ANTENA. continua...
 PX - Você usa Bem? Setembro/2009

51 Aperto de Mão - 55 Felicidades - 73 Abraço - 88 Beijos - 144 Dormir - 146 WC Sanitário - ACOPLAMENTO Reunião - ÁGUA DE ELOQUÊNCIA Cachaça - ANA MARIA (AM) Amplitude Modulado - ANEL Primo - ANZOL Polícia Rodoviária - APARATO Rádio - ASA DURA Avião - ATRÁS DO TOCO / CORUJANDO Só Ouvindo - BAILARINA Caneta - BAIXA FREQUÊNCIA LINHA E 500 Telefonema - BALAIO DE GATO Bagunça na Freqüência - BALANÇAR O QUEIXO Falar - BANDA LATERAL Rádio com LSB e USB - BANHEIRA Mar - BARRA MÓVEL Automóvel - BARRA NÁUTICA Barco - BASQUETE Trabalho - BATENTE Trabalho / Serviço - BATON A BATON Pessoalmente (Ela / Ela) - BICORAR / MODULAR Falar - BIGODE A BIGODE Pessoalmente (Ele / Ele) - BIGODE A METRO Pessoalmente - BIGODEIRA Interferência, Batimento - BIÔNICA Estação Sofisticada - BOTINA Amplificador de RF - BOTINA BRANCA Médico - BOTINA PRETA / PAPA MIKE Policia Militar - BREAK Solicitação de QRG - CAIXINHA PRETA Rádio Transmissor - CÂMBIO ESPADA Mensagem Longa - CANALETA Canal - CAPACETE Sogro - CARGA PESADA Caminhão - CARVÃO Esposo - CENTELHA Neto - CHÁ DE PERIQUITO Chimarão, Mate - CHÁ DE URUBU Café - CHUCRUTAR Aumentar os Canais - CHUCRUTAR OS GORDURAMES Comer - CHUVA ARTIFICIAL / LORENZETTI Banho - COMER BARBANTE Esperar - COPIAR Escutar/Receber mensagem - CORUJAR Somente escutar - CQ Chamada Geral - CRISTAL Esposa - CRISTALINA Filha - CRISTALISSIMA / PRIMEIRÍSSIMA Mãe - CRISTALOGRAFI A Família - CRISTALÓIDE Filho - CURTO CIRCUITO Briga - DIAMANTE / GENITOR Pai - DOIS METROS HORIZONTAIS Dormir - DX Contato Distante - DESLIGAR OS FILAMENTOS Desligar Rádio - ENTRAR EM X Desligar Rádio - ESPARADRAPO Irmão - FEIJÃO QUEIMADO Amante - FIO MARAVILHA FM - FUNDO DE POÇO Sinal Fraco - GORDURAMES Comida - GREGA Viagem / Passeio - LAMBARI Estação Fraca - LINDO SOM BRASILEIRO LSB - LOURA SUADA Cerveja - MACACO PRETO Telefone - MACANUDO Colega / Camarada - MODULAR Falar - MOSCA BRANCA Zona de Silêncio - MUNHECA DE PAU Operador Novato - MUNHECADA Mancada / Errar - ORELHA Visinho - PAPAI NOEL Dentel (Atual ANATEL) - PÉ DE BORRACHA / BARRA MÓVEL Carro - PÉ DE FERRO Trem - PÉ DE PATO / BARRA NÁUTICA Barco - PÉ DE SOLA A Pé - PERNETA Colega - PICA-PAU Manipulador de Telegrafia - PIPOCA Afilhado - PIRAMBEIRA Sair, Desligar - PITIMBADO Doente / Quebrado - PÓLVORA Cerveja - PORTADORA Transmissão Sem Áudio - PX-MAIOR Deus - QHT DE DESCANSO Residência - QTO Sanitário - RECO-RECO NAS COSTELAS Abraço - ROGER-ROGER Câmbio - RR SANTIAGO Sinal - SHACK Local de Estação - TAPETE BRANCO Papel - TAPETE PRETO Asfalto - TEREZINHA VASCONCELOS Televisão - TKS Obrigado - TRAPIZUNGA Aparelho de Transmissão - TUBARÃO Estação Forte - TURMALINA Namorada - URUBU SAI DE BAIXO USB - VERTICAL Conversa Pessoa - 2 METROS VERTICAL Cama
 PX - Você usa bem? Agosto/2009

ALGUNS REGRAS QUE
DEVERIAM SER OBEDECIDAS

1. Não lhe é permitido manter uma conversação com outra estação por mais de cinco minutos sem manter um espaço de alguns segundos para que outras estações tenham chance para usar o canal.
2.Não lhe permitem dinamitar outras estações, usando equipamentos com poder de transmissor ilegalmente ampli-ado, ou antenas ilegalmente altas.
3.Você não pode usar o seu rádio para promover atividades ilegais.
4.Não lhe permitem usar profanidade.
5. Você não pode transmitir nenhuma música ou jogo em seu rádio.
6.Você não pode usar seu rádio para vender mercadoria ou conserto profissional.

TABELA DE MÚLTI-PLOS PARA CABO COAXIAL 50/52 OHMS
FREQUÊNCIA DE 25 / 27 MHz

O cálculo foi elaborado baseando-se na fórmula:
300.00
27 / 25 = 11.06 x 66 = 7.299
7.299 ÷ 4 = 1.825 300.00 = Velocidade da luz
25 / 27 = Frequência em MHz
11.06 = Frequência em metros
66 = Coeficiente de velocidade de R.F. no cabo
7.299 = Comprimento de onda no cabo
1.825 = 1/4 de onda no cabo
1.828 x números ímpares ou seja
3,5,7,9.....17.
Acima de 20 metros aconselha-se usar cabo grosso.

COMO SEU RÁDIO PODE O SERVIR

-Para Advertir à frente de ups de gravata de tráfico.
-Proveja tempo e informação de estrada.
-Proveja ajuda rapidamente em evento de emergência ou desabamento.
-Sugestione manchas boas para comer e dormir.
-Proporciona contato direto seu escritório ou casa.
-Faça amigos quando você viajar.
-Proveja “ informação “ local para o achar destino.
-Ajude escritórios de execução de lei informando o bêbado e os motoristas despreocupados.

OBS: SÓ USE CANAL 9 PARA MENSAGENS DE EMERGÊNCIA
 PX - Você usa bem? Julho/2009

"Código 10"
Os operadores de rádio adotaram os “ 10 em grande parte - código “ para perguntas de padrão e respostas. Seu uso permite comunicações mais rápidas e entendendo melhor em áreas ruidosas. Segue a seguinte lista de alguns dos códigos mais comuns e os significados deles/delas.

10-1 = Recebendo pobremente
10-2 = Recepção bem
10-3 = Parada transmitindo
10-4 = OK, mensagem recebeu
10-5 = Retransmita mensagem
10-6 = Ocupe, esteja por
10-7 = Fora de serviço, deixando ar
10-8 = Em serviço, sujeito a chamada,
10-9 = Repita mensagem
10-10 = Transmissão completou e está por
10-11 = Falando muito rapidamente
10-12 = Visitas apresentam
10-13 = Aconselhe Tempo / Estrada condições
10-16 = Ataque pico
10-17 = Negócio urgente
10-18 = Qualquer coisa para nós?
10-19 = Nada para você, devolva para fundar
10-20 = Minha localização é ...
10-21 = Chame através de telefone
10-22 = Informe pessoalmente para ...
10-23 = Esteja por ...
10-24 = Completaram última tarefa
10-25 = Possa você contacta
10-26 = Desconsidere última informação
10-27 = Eu estou movendo para encanar
10-28 = Identifique sua estação
10-29 = Tempo acabou para contato
10-30 = Não conforme a regras de FCC
10-32 = Eu lhe darei um cheque de rádio
10-33 = TRÁFICO de EMERGÊNCIA
10-34 = Aborreça nesta estação
10-35 = Informação confidencial
10-36 = Tempo correto é ...
10-37 = Arruinador precisou a ...
10-38 = Ambulância precisou a ...
10-39 = Sua mensagem entregou
10-41 = Por favor vire para encanar
10-42 = Acidente de tráfico a ...
10-43 = Gravata de tráfico em ...
10-44 = Eu tenho uma mensagem para você
10-45 = Todas as unidades dentro de alcance por favor relatório
10-50 = Canal de fratura
10-60 = O que é o próximo número de mensagem?
10-62 = Impossibilitado a cópia, use telefone
10-63 = Rede dirigiu
10-64 = Rede claro
10-65 = Esperando sua próxima mensagem / tarefa
10-67 = Todas as unidades copiam
10-70 = Incendeie a
10-71 = Proceda em seqüência com transmissão
10-77 = Contato negativo
10-81 = Reserve quarto de hotel para
10-82 = Reserve quarto para
10-84 = Meu número de telefone é ...
10-85 = Meu endereço é ...
10-91 = Conversa mais íntimo a microfone
10-93 = Inspecione minha freqüência este canal
10-94 = Por favor me dê uma conta longa
10-99 = Missão completou, todas as unidades afiançam
10-200 = Polícia precisou a ...
 Px – Você usa bem? Junho/2009

Pela norma do Minicom, esse é o único código que pode ser utilizado por radioamadores e radioperadores da Faixa do Cidadão no Brasil. Ele nasceu da Telegrafia e é composto pelo agrupamento de Três letras, todas começadas pela letra Q, que significando uma frase completa.
Voltamos a lembrar que esse é o único código legalizado para operação em fonia ou telegrafia no Brasil, o que pode ser explicado como questão de segurança, para evitar tráfego de mensagens indesejáveis ou proibidas.
Passamos então ao código Q em suas principais agrupações utilizadas no radioamadorismo e na Faixa do Cidadão.

QRA – Nome da Estação.
QRG – Freqüência em que opera.
QRH – Há variação na sua (na minha) modulação.
QRI – Tonalidade de transmissão: 1. Boa; 2. Variável; 3. Má.
QRK – Inteligibilidade dos sinais: 1. Má; 2. Pobre; 3. Regular; 4. Boa; 5. Excelente.
QRL – Estou ocupado.
QRM – Interferência por outra estação.
QRN – Interferência por estática.
QRO – Aumentar a potência.
QRP – Diminuir a potência.
QRQ – Manipular mais rapidamente.
QRS – Manipular mais lentamente.
QRT – Parar de transmitir.
QRU – Tem algo para mim?
QRV – À disposição.
QRW – A estação ... me chama em ... Mhz.
QRX – Quando é a minha vez de transmitir?
QRZ – Quem está chamando ? Dê seu prefixo.
QSA – Intensidade dos sinais.
QSB – Modulação cansada.
QSD – Transmissão defeituosa.
QSL – Tudo entendido.
QSM – Repita o ultimo câmbio.
QSN – Você me escutou ?
QSO – Contato direto ou indireto.
QSP – Retransmissão de mensagens.
QSU – Responda em ... Mhz.
QSV – Chame na freqüência ...
QSW – Vou transmitir nessa freqüência.
QSX – Escutarei na freqüência.
QSY – Vou mudar de freqüência, ... Mhz.
QSZ – Devo repetir a mensagem ?
QTA – Cancele mensagem anterior.
QTB – Vamos conferir mensagem.
QTC – Mensagem para você.
QTH – Local da estação.
QTO – Toalete.
Acima damos a você as principais combinações que são mais constantemente utilizadas em radioamadorismo e na Faixa do Cidadão. Porém fique sabendo que o código Q é composto ainda as inúmeras outras combinações, sendo estas de utilização restrita das nossas Forças Armadas.

Interferências
Como todos nos sabemos, o direito de uma pessoa termina onde começa o direito da outra.Essa simples fórmula também se aplica à Faixa do Cidadão.
Ultimamente tem sido crescente o volume de queixas contra usuários da Faixa do Cidadão por parte de donos de aparelhos de som e TV, quanto a interferências que impedem a recepção de programas. Em parte essas queixas são procedentes, mas nem toda a culpa cabe aos operadores de radio Faixa do Cidadão; aparelhos de dentista, aviões, maquinas de soldar, eletrodomésticos e uma infinidade de outros equipamentos, inclusive os próprios televisores ou suas antenas, são também responsáveis pelas interferências.
Nas grandes cidades, o número de estações de rádio cidadão é muito elevado. Suas instalações nem sempre são bem realizadas e como conseqüência surge a interferência. Isso se dá principalmente quando o sinal de TV é fraco e o rádio cidadão é mais forte.
Eliminando Interferências
A interferência causada pelo PX em aparelhos de TV pode ser reduzida ou mesmo eliminada de duas formas. Na primeira, utilizando um transceptor sem alteração técnica e um sistema irradiante (antena) bem ajustado, onde as ondas esta-cionárias ( que são as ondas geradas no transmissor não conseguem sair pela antena, retornando ao rádio), estejam dentro do limite mínimo de perdas, e em segundo lugar, com a utilização de um filtro passa baixa ou seja um filtro de TVI.
Esse tipo de filtro, de fácil fabricação, é capaz de eliminar quase totalmente a TVI.
 Px – Você sabe usar? Maio/2009

O serviço de Rádio do Cidadão (SRC) também conhecido pelo nome de Faixa do cidadão (FC), ou simplesmente pelo seu prefixo “PX”, foi regulamentado por portaria do Ministério das Comunicações, visando um melhor ordenamento desse tipo de radio comunicação que é praticado na faixa de freqüência de 26.950 Hz a 27.610 Hz, conhecida por faixa dos 11 metros devido ao seu comprimento de onda.
A idéia de sua criação originou-se em reuniões internacionais, logo após o término da Segunda Guerra Mundial, quando os países desejavam dar aos seus cidadãos um meio de comunicação mais livre, que não tivesse a necessidade de cabos ou fios e ao mesmo tempo sem muita burocracia para sua execução.
Dessa idéia inicial até a plena execução da FC ainda se passaram muitos anos.
Aqui no Brasil existiam muitos obstáculos burocráticos que faziam com que a FC ficasse distante da maioria dos brasileiros, e só com a promulgação do Código Nacional de Telecomunicações, em 1962, foi possível eliminar esses obstáculos.
Hoje a FC está inteiramente ao alcance de todos os brasileiros, desde que se enquadrem em suas normas e suas características sociais de operação.
Nesta coluna, mensalmente falaremos e daremos dicas de como este serviço pode ser muito útil a todos se bem usado.
Para esta edição o amigo Paulo Rodrigo Nogueira (PX5G6875), do Mano`s Acessórios de Mal. Candido Rondon nos enviou algumas dicas que embora pareça simples ainda há muitos que por descuido ou por estar começando não se atenta para tal.

DICAS PARA UMA BOA CONVERSA EM PX

- Somente comece a falar depois de apertar o PTT (o famoso “Mike”). É sério, mesmo operadores mais experientes, por distração, cometem esse erro e quem está ouvindo não entende nada. Você deve apertar o PTT, esperar 1 segundo e começar a falar.
- Fale devagar e calmo, caso contrário ninguém vai entender você.
- Fale sempre respeitando uma distância de cinco cm entre sua boca e o Mike. Não há necessidade de encostar a boca no Mike, pois isso vai dificultar sua fala e saturar o áudio para quem está ouvindo.
- Gritar é um procedimento que nem sempre resolve, mas falar mais alto pode ajudar.
- Sempre espere uns dois segundos entre o final de uma transmissão e a sua transmissão, isso dá oportunidade para mais alguém pedir para falar.
- Se você quiser participar de uma conversa, aguarde o intervalo entre as transmissões, fale “break”, “oportunidade”, ou simplesmente “bom dia”, “boa tarde” ou “boa noite” e aguarde logo te chamarão para participar da conversa.
- Nunca interrompa, fale por cima ou fale junto com outra transmissão. A não ser que seja emergência.
- Não use palavrões nem gíria (a não ser as utilizadas em transmissões de PX), nem brigue pelo PX, lembre-se que não é só você que está ouvindo. Seja educado.
- Sempre que for chamar/procurar alguém no PX, não fale de primeira “Fulano está em QAP?”. Acredite, se o “fulano” não estiver prestando muita atenção no PX, ele não vai atender. Procure chamar duas vezes. Por exemplo: “Atento atento ... “fulano” em QAP ... É “ciclano” chamando .... Fulano em QAP?. Isso ajuda bastante identificando quem está chamando quem.
- Procure não utilizar a canaleta 9, apesar de já ter virado bagunça, ela ainda é a canaleta para emergências.
- Se você está começando agora e tiver oportunidade, fique ouvindo as transmissões de outros operadores (na gíria do PX “corujando”), isso ajuda a você pegar o “esquema” das transmissões.

CÓDIGO FONÉTICO

O código fonético é simples e é utilizado por qualquer pessoa que utilize radiocomunicação. Sua função é facilitar a identificação de letras e palavras em único padrão mundial.

A – Alfa
B – Bravo
C – Charlie
D – Delta
E – Eco
F – Fox
G – Golf
H – Hotel
I – Índia
J – Juliet
K – Kilo
L – Lima
M – Mike
N – November
O – Oscar
P – Papa
Q – Quebec
R – Romeu
S – Sierra
T – Tango
U – Uniform
V – Victor
X – X-ray
Y – Yanque
W – Whiskie
Z – Zulu

Para a próxima edição estaremos falando um pouco mais da historia e normas do PX, bem como, outro código e gírias utilizadas.